Resumo visita Grão Mestre Carter Wong no Brasil

Sucesso!!
Neste mês de abril de 2016, 350 alunos de entidades filiadas ao Instituto Li Wing Kay de Arte e Cultura Chinesa tiveram o privilégio de aprender muay thai com um dos maiores mestres e especialistas da modalidade do mundo: o Grão Mestre Carter Wong. Em sua segunda passagem pelo país (a primeira havia sido em 1998), o campeão mundial ministrou seminários e exames de graduação nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Pará. Mais de 25 instrutores agora tem sua graduação grau preto de muay thai reconhecidas por uma entidade internacional (World Complex Martial Arts Association) presente em 12 países.
Parabéns a todos que participaram dos eventos, vamos continuar trabalhando para que a troca de experiências entre nossos alunos e profissionais seja cada vez mais relevante e dessa forma possamos contribuir para o crescimento técnico, pessoal e profissional de todos os nossos públicos.
Agradecemos imensamente o apoio e trabalho árduo dos nossos filiados e colcaboradores – Federação Paraense de Kung Fu, Wushu e Kuoshu (FPKF), Federação Paulista de Shuai Chiao Kung Fu (FPSCKF), Federação de Kung Fu Kuoshu Garra de Águia do Estado do Rio de Janeiro (FKFKWGAERJ), Ginásio G7 de São Paulo e Escola de Kung Fu Garra de Águia de Araraqua -, que fizeram dessa visita mais um grande evento internacional de qualidade.

Confira abaixo o currículo do Grão Mestre Carter Wong

Nascido em 1945, em Macau, uma das regiões administrativas especiais da República Popular da China, Carter Wong tem uma vasta experiência no mundo das artes marciais. Começou no kung fu aos 8 anos de idade, tendo como professores um monge Shaolin e o Grão-Mestre Lee Ming Wah, da Wudang Chi-Kung. Ainda jovem foi para o Japão treinar em Karatê. Depois partiu para a Tailândia, onde conheceu e praticou Muay Thai. Teve ainda uma passagem pela Coréia do Norte para treinar Taekwondo e Hapkido.
 
Em 1968, iniciou a carreira como lutador profissional de Muay Thai, no qual atingiu o recorde de 30 vitórias, 3 empates e apenas 4 derrotas até o ano de 1986, ano em que também sagrou-se campeão mundial de muay thai. Fundou em 1980 a Federação Chung Hop Kuen, um estilo de arte marcial com base de Shaolin Kung Fu, Wu-Chi Dang-Kung (respiração interna) e a essência do Karate, Muay Thai, Taekwondo e Hapkido. Atualmente a Federação possui representantes em 36 países e tem produzido vários campeões europeus e mundiais em Muay-Thai, Kung Fu e Kickboxing. 
 
A qualificação de Carter Wong também abriu portas para o chinês em instituições de segurança pública e privada ao redor do mundo. O grão mestre foi instrutor Chefe de Karatê da Força de Polícia de Hong Kong (1979),  deu aulas como instrutor master de muay thai para a Força de Polícia de Nova Iorque (1984) e para o Corpo de Fuzileiros Navais da Califórnia (1990) dos Estados Unidos, treinou soldados da Academia de Serviços de Segurança do Camboja e recebeu o título de Grão-Mestre de Karatê da Força Policial da Hungria (1998).
 
Carter Wong também investiu na carreira de ator e seu talento pode ser visualizado em mais de 100 filmes. Os mais conhecidos são: “Big Trouble in Little China” (1986); “Shaolin Invincibles” (1977); e “Traitorous” (1976). O Grão mestre também foi instrutor de combate do filme Rambo III (1988), com Sylvester Stallone, e deu aulas de luta coreografada para os atores Matt Damon (conhecido pelo personagem Jason Bourne da sequência cinematográfica Identidade, Supremacia e Ultimato Bourne) e William Shatner (conhecido mundialmente como o Capitão Kirk do seriado Star Trek).
 
O Grão Mestre Carter Wong é faixa preta 10º Dan em kung fu pela World Organization of Wushu & Kung Fu Masters, faixa preta 8º Dan pela Federação Internacional de Artes Marciais, faixa preta 7º Dan Go-Ju-Ryu Karate-Do Seitokukai e 5º Dan de taekwondo pela The Midwest Taekwon-do Union. Atualmente é membro do Conselho Mundial de Muay Thai, presidente honorário da Hong Kong Sul e Norte Martial Art Association e diretor da Wu-Chi Dang-Kung Association. Também foi representante da Associação mundial de Kickboxing (1997), vice-presidente da Associação Internacional Estilo Wudang Mountain Chi Kung (1998) e membro da comissão especial da Federação Mundial de Muay Thai (2002).