Brasil fatura 19 medalhas no Mundial de Kuoshu

A seleção brasileira de kung fu fez bonito e conquistou 19 medalhas na 6ª edição do Campeonato Mundial de Kuoshu, realizada de 27 a 29 de julho de 2018 em Baltimore, nos Estados Unidos. O evento, organizado pela The World Kuo Shu Federation (TWKSF), entidade máxima do Kuoshu tradicional, a competição reuniu atletas de 17 países, disputando o título nas categorias de Formas Internas e Externas, além de Lei Tai (Full Contact). Confira as medalhas:

Miriam Nakano: 2 Ouros (outras armas e tai chi – forma com armas), 4 Pratas (mãos norte, espada, bastão e tai chi yang) e 2 Bronzes (lança e facão)
Marco Antônio Seschi Rodrigues: 2 Pratas (mãos norte e lança), 1 Bronze (lei tai – até 60kg) e um 4o Lugar (espada)
Karina Miyazato Laurenti: 1 Bronze (mãos sul) e 3x 4o Lugar (facão, espada e outras armas)
Luis Henrique Couzenn: 2 Bronzes (mãos sul e outras armas) e um 4º Lugar (bastão)
Bianca Tomie: 1 Ouro (espada) e 1 Bronze (lei tai – até 60kg)
João Valdivino da Silva: 2x 4º Lugar (mãos sul e tai chi – forma com armas)
Matheus Garcia: Prata (lei tai – até 98kg)
Fábio Elias: 1 Bronze (tai chi estilo yang quan form)
João Paulo Antenor: 1 Bronze (lei tai – até 75kg)
Saulo Nogueira: 4º Lugar (outras armas)
Lucas Borges: 4º Lugar (lei tai – até 65kg)

Paralelamente ao torneio também foi disputado o tradicional US International Kuo Shu Tournament – Campeonato Internacional de Baltimore, uma das competições mais prestigiadas do kung fu na atualidade para atletas dos 8 aos 80 anos de idade, de nível iniciante, intermediário e avançado. A equipe brasileira faturou 24 medalhas na competição. Confira as medalhas do Aberto:

Miriam Nakano: 2 Ouros (tai chi outros estilos e tai chi senior), 1 Prata (armas senior) e 1 Bronze (mãos livres senior)
Bianca Ricci: 1 Ouro (Louva a Deus) e 1 Bronze (dui lian com armas)
Marcelo Gomes: 1 Ouro (Louva a Deus) e um 4º Lugar (armas intermediário)
Saulo Nogueira: 1 Ouro (wushu nan quan) e um 4º Lugar (Louva a Deus)
Maria Carolina Borges: 1 Prata (Louva a Deus) e 1 Bronze (dui lian com armas)
Laerte Franco: 1 Ouro (armas intermediário)
Andressa Freitas: 1 Ouro (armas senior)
Fabrício Crepaldi: 1 Bronze (armas intermediário)
Lucas Werpp: 1 Bronze (cassetete)
João P. Tachibana: 4º Lugar (armas infantil)

O Team Brazil volta para casa com um total de 33 medalhas somando os dois eventos e ainda conquistou o segundo lugar na classificação geral por equipes no Tao Lu (15 medalhas – 3 ouros, 6 pratas e 6 bronzes) e teve a atleta Miriam Nakano, eleita a melhor competidora feminina do Torneio, após somar individualmente 12 medalhas (4 ouros, 5 pratas e 3 bronzes).

Ainda em Baltimore, o Grão Mestre Li Wing Kay foi homenageado pela Federação Mundial, sendo uma das 4 primeiras personalidades a compor o Hall of Fame do Kuo Shu Mundial, ao lado do GM Huang, GM Richard Lee e GM Steve L. Martin

Integram a seleção brasileira de kung fu 2018 os seguintes atletas:
Andressa Isabel Assis Freitas
Bianca Barqueta Ricci
Bianca Tomie Yabiku
Fabrício Crepaldi
Gustavo Rodrigues Rosato
Marcelo Gomes de Pádua
Marco Antonio Seschi Rodrigues
Maria Carolina Coutinho Borges
Henry Yuzo Aoyague
Ítalo Augusto Sampaio Batista
João Paulo Mendes Antenor
João Tachibana
João Valdivino Lima Ferreira
Karina Miyazato Laurenti
Laerte Kerber Franco
Lucas Nogueira Borges
Lucas Werpp Franco
Luis Henrique Couzenn Magalhães
Matheus Garcia Pires
Miriam Nakano
Saulo Nogueira Morais Junior

Comissão técnica 
Chefe da delegação brasileira: Grão Mestre Li Wing Kay
Team Leader: Sifu Emerson Cinti
Head Coach: Sifu César Laurenti
Assistent Coaches: Maurício Frigo e Tarik Ghattas