Os 5 elementos

 

  • Madeira: representa a força do crescimento e da expansão;
  • Fogo: simboliza instabilidade, mudanças, impermanência;
  • Terra: é o elemento que nutre, gera, protege;
  • Metal: representa o poder de agregar, condensar, tornar rígido, solidificar;
  • Água: simboliza a fluidez, a capacidade de purificar e de se adaptar.

A Teoria dos 5 elementos

Segundo essa teoria, os 5 elementos podem ser entendidos como fases ou movimentos das energias Yin e Yang. As cinco fases da energia ou os elementos Madeira, Metal, Água, Terra e Fogo aparecem na sua natureza específica, durante as transformações das forças yin e yang. As fases de energia mudam constantemente, nutrindo e controlando uma à outra. As imagens dos elementos Água, Madeira, Fogo, Terra, Metal representam as forças naturais que juntas formam um ciclo dinâmico.

A relação entre os elementos baseia-se em dois aspectos que se apoiam mutuamente para propiciar harmonia: os ciclos de Geração e de Dominância ou Controle. Esse relacionamento interdependente assegura o equilíbrio entre os elementos e a normalidade de seus processos.

5-Elementos

O ciclo de Geração trata-se de uma sequência onde cada Elemento dá origem ao seguinte, da mesma forma como é gerado. Deste modo, tem-se que: madeira gera fogo, fogo gera terra, terra gera metal, metal gera água e água gera madeira.

O ciclo de Dominância mostra como cada elemento controla o outro, ao passo em que este também é controlado, constituindo uma relação de controle e restrição mútua. Desta forma: madeira controla terra, terra controla água, água controla fogo, fogo controla metal e o metal controla madeira.

 

De acordo com a filosofia chinesa, a dinâmica entre yin, yang e os 5 elementos é fundamental para entendermos o poder da energia (Qi) e seu impacto e interação com o universo. Yin e yang são duas forças ou energias opostas que se complementam em um constante movimento em busca de equilíbrio no universo e na natureza. Cada um dos cinco elementos está associado a um ponto cardeal (direção), a uma estação, a um sabor, a uma cor, a um órgão (Yin), a uma víscera (Yang), a um meridiano, a uma emoção, entre outros aspectos. Portanto, esses cinco elementos estão intrinsecamente ligados à personalidade de cada ser humano, influenciando diretamente seu modo de agir, se alimentar, se relacionar e mesmo controlar o organismo (corpo). Assim sendo, um desequilíbrio energético pode causar uma mudança, boa ou ruim, no nosso estado físico e emocional em relação ao mundo e a nossa personalidade. Por isso, é preciso aprender a lidar com o Qi, visando compensar naturalmente o desequilíbrio e para atingir o estado de constante harmonia com o universo, melhorando assim a forma como vivemos no dia-a-dia.