Shuai Chiao (Shuai Jiao)

Grão Mestre Li e Grão Mestre Daniel WengO Shuai Chiao (Shuai Jiao) é provavelmente a arte marcial organizada mais antiga da história. Muitos afirmam que sua origem é próxima de 2.000 a.C. Apesar de ser praticada há milênios, seu nome variou de acordo com a Dinastia ou região da China. Uma lenda relata que por volta de 2.697 a.C. o Shuai Chiao (Shuai Jiao)  era conhecido como “Chiao-Ti”, sendo utilizado em batalhas entre o imperador Huang Ti e o rebelde Chih Yu, um poderoso lutador. O Chiao-Ti também era o nome desta arte na Dinastia Chou, sendo ela adotada pelo governo como método de luta e treinamento para os militares. A partir dessa época, a arte foi chamada de “Hsian Pu”, “Kwang Chiao”, “Liao Chiao”, entre outros nomes.

No início, o Shuai Chiao (Shuai Jiao)  era acessível apenas para a elite militar, mas a partir da dinastia Chin (221 a.C) ganhou outras utilizações. O Shuai Chiao (Shuai Jiao)  foi praticado pela primeira vez em torneios e demonstrado em shows, festivais e reuniões. Porém, ainda na velha dinastia Chin, o campo de Shuai Chiao (Shuai Jiao)  foi suspenso e os artistas profissionais pararam de ser patrocinados pelo governo. Assim, os lutadores dispersaram e abriram suas próprias escolas privadas, introduzindo e ensinando essa arte para a população em geral. A partir daí, as técnicas se misturaram com as de outros estilos de luta e o Shuai Chiao (Shuai Jiao) se tornou mais aberto e não tão especializado como antes. Nessa época, os melhores e mais renomados mestres eram da Mongólia, Pao Ting, Beijing e Tiensin.

Mas foi entre a dinastia Ching (1644-1911) e a dinastia Ming (1368-1644) que o estilo adquiriu seu nível mais elevado. A habilidade dos lutadores era tanta que ocorria a aceitação em massa de um ditado popular que dizia “No momento em que um foi tocado, nesse momento, um perdeu ou foi lançado”. Isso quer dizer que se o oponente for capaz apenas de tocar seu adversário, nada poderia impedi-lo de derrota-lo. Durante a dinastia Ching, o imperador patrocinava regularmente os desafios de Shuai Chiao (Shuai Jiao), fazendo com que a arte atingisse o auge de sua popularidade. Artistas viram de vários lugares da nação e os vitoriosos eram incluídos na equipe nacional. Estes foram considerados os melhores mestres de Shuai Chiao (Shuai Jiao) do Mundo. Os membros da equipe oficial eram chamados de “Pu Hu”, uma referência à ferocidade, força, como se fossem tigres atacando.

Shuai Chiao 2Apenas em 1928 foi determinado que todos os chineses chamariam esse estilo de kung fu de “Shua Jiao”, cujas palavras significam “lançamento” e “chifre”, respectivamente, uma referência a ilusão criada pelos primitivos praticantes quando viam dois oponentes se agarrando e lutando, os fazendo lembrarem de um combate entre dois animais com chifres. A padronização do nome ocorreu no ano em que o Instituto Central de Kuo Shu da República da China dividiu as artes marciais chinesas em quatro principais categorias: Shuai Chiao (Shuai Jiao), técnicas de mãos vazias, sistemas com armas e arqueria. Com esta organização, o governo passou a treinar e desenvolver os mais completos peritos em artes marciais. Com isso, o Kung Fu se tornou uma modalidade especializada em toda nação.

Fonte: FERREIRA, Arthur de Sá. Shuai Chiao – História e Teoria. 2004. Texto traduzido de WENG, Chi-hisiu Daniel. Fundaments of Shuai Chiao. 1990.

 

 

Árvore Genealógica do Shuai Chiao (Shuai Jiao)

Por se tratar de uma arte marcial muito antiga, é impossível saber quem foi o fundador do Shuai Chiao (Shuai Jiao). O Grão Mestre Li Wing Kay faz parte da linhagem do Grão Mestre Tong Zong Yi, que passou seu conhecimento para o Grão Mestre Liu Fei. Contudo, o Grão Mestre Li Wing Kay também aperfeiçoou suas técnicas de Shuai Chiao (Shuai Jiao) com o Grão Mestre “Daniel” Weng, discípulo do Grão Mestre Chang Tung Sheng.