Garra de águia

Garras de águiaDe acordo com lendas chinesas, o Kung Fu estilo Garra de Águia começa com um menino órfão de pai, criado pela mãe viúva. Seu nome era Yue Fei. Quando pequeno, Yue Fei tinha um professor e padrinho chamado Chow, que fora aluno dos monges de Shaolin e, além de várias ciências (matemática, literatura e etc), aprendeu diversas técnicas de Kung-Fu, dentre elas os movimentos da águia. Por este motivo podemos afirmar que indiretamente o estilo Garra de Águia veio do templo Shaolin. Entretanto, pode-se dizer que o fundador do estilo Garra de Águia foi Yue Fei, já que foi ele que o aperfeiçoou.

Já adulto, no ano de 1.123 d.C., Yue Fei tornou-se um general do exército chinês e treinava seus oficiais com a técnica do estilo Garra de Águia, ordenando aos seus subordinados repassar seus ensinamentos aos demais soldados. Yue Fei era um excelente guerreiro, muito inteligente, disciplinado e justo, vencendo todas as batalhas que participou.

Contudo, um conselheiro da corte, chamado Tchan Kui, não suportava a fama do General, e resolveu prejudicá-lo, inventando calúnias sobre ele para o rei Sung, um jovem soberano, porém inseguro. Sem averiguar a veracidade dos fatos, o rei Sung mandou chamar Yue Fei nos campos de batalha para confrontá-lo. Como estava em plena guerra, o general precisou ser chamado por doze vezes antes de atender ao pedido do rei. Quando Yue Fei chegou ao palácio com seu filho, Yue Wan, e seus soldados, ele foi aprisionado, sem mesmo saber porque.

lança garra de águiaDiante da presença do rei Sung, Yue Fei ficou sabendo do ocorrido com Tchan Kui, mas afirmou que tudo não passava de pura mentira. Entretanto, Sung, influenciado pelas más intenções de Tchan Kui, não deu ouvidos à Yue Fei, sentenciando todos à morte. A decisão do rei revoltou os soldados de Yue Fei, que lhe propuseram acabar com as tropas imperiais, mas o general ordenou que todos respeitassem a decisão de sua majestade e continuasse dando bons exemplos à população. Assim, Yue Fei e toda sua família foram mortos injustamente.

Os primeiros registros oficiais sobre o ensino do estilo Garra de Águia na China datam da Dinastia Qing (1664-1911). Um Monge chamado Lai Chin, afirmou ser discípulo de Yue Fei. Relatos dizem que o monge ensinou outro, de nome Toa Gai, que por sua vez ensinou o Monge Far Shing. Como até aquele momento, o estilo Garra de Águia usava mais técnicas de garra, Far Shing decidiu acrescentar mais técnicas de pernas e saltos, deixando o estilo muito mais completo. Far Shing foi o primeiro monge a ensinar fora do Templo de Shaolin após a morte de Yue Fei. Sob o regime de outro império, Far Shing começou a ensinar o mestre Lau Si Zeon, um general do exército, natural de Heibei.

Lau Si Zeon foi um dos maiores divulgadores do estilo na China, passando seus conhecimentos do estilo para seus sobrinhos Lau Tat Fan (Pequim) e Lau Cing Jau (Hon Wen). Apenas Lau Cing Jau deu continuidade à divulgação do estilo, passando para seu terceiro filho, Lau Kai Man, que passou o sistema para seu sobrinho Chen Zizheng.

Como Lau Kai Man se tornou responsável pela escola matriz do estilo Garra de Águia em Pequim, mandou Chen Zizheng para o Sul da China, onde se tornou o primeiro divulgador do estilo na região.

Garra de águia 2Várias federações do Sul da China convidaram Chen Zizheng para dar aulas, mas a quantidade de pedidos era tanta que era praticamente impossível atender a todos sozinho. Desta forma, Chen Zizheng pediu ajuda para a matriz e para o mestre Lau Kai Man, que enviou seu sobrinho, Lau Fat Moun, para ajudá-lo.

Depois de algum tempo, Lau Fat Moun se mudou para Hong Kong. Ele fez tanto sucesso no local que chegou a ser reconhecido como o Rei da Águia de Hong Kong. Pouco depois, foi fundada a Associação Lau Fat Moun, que, entre seus discípulos, contava com Li Wing Kay. Em 1970, Li Wing Kay veio para o Brasil e pouco depois recebeu autorização da Associação Lau Fat Moun Eagle Claw Hong Kong para ser o representante oficial do estilo na América do Sul.

Árvore Genealógica do Estilo Garra de Águia

Fundador: Yue Fei

1ª geração: Monge Lai Chin

2ª geração: Monge Toa Gai

3ª geração: Monge Far Shing

4ª geração: Mestre Lau Si Zeon

5ª geração: Mestre Mestre Lau Cing Jau

6ª geração: Mestre Lau Kai Man, Mestre Chen Zizheng

7ª geração: Mestre Lau Fat Moun (Associação Lau Fat Moun Eagle Claw Hong Kong)

8ª geração: Grão Mestre Li Wing Kay (América do Sul/Brasil), entre outros mestres